Prefeito Netinho desaparece das redes sociais e deixa os internautas intrigados

Quase diariamente, a auxiliar de escritório Jozilane Novais criou como hábito usar seu tempo livre no trabalho para rir. Foi assim durante novembro e março, quando o personagem fictício Prefeito Netinho – uma alusão ao prefeito ACM Neto (DEM) – contava suas peripécias nas redes sociais, brincando com os secretários e superintendentes de órgãos municipais ao citar os problemas da cidade. “Era uma forma divertida de ler o que acontecia em Salvador”, lembra Jozilane.

De abril para cá, entretanto, um mistério em torno do sumiço do fake tornou-se ainda mais intrigante do que o precedente, quem era o autor das postagens. A pergunta mobilizou internautas que clamavam: “cadê o Prefeito Netinho?”. A resposta, ainda que parcial, publicada na última terça-feira, mostrou que o auto intitulado soberano não morreu. Para a felicidade de seus mais de 125 mil fãs.

“Célia [Sacramento, vice-prefeita] e Kátia [Alves, da Limpurb] se juntaram e trancaram ele em cárcere privado por abuso, em conluio com [Jaques] Wagner para o soberano cair no esquecimento”, teoriza o gerente comercial Hugo Santiago, no mesmo tom em que o personagem fictício atua. Os três citados, juntamente com o secretário de Educação, João Carlos Bacelar, a secretária da Ordem Pública, Rosemma Maluf, e o secretário de Urbanismo e Transportes, José Carlos Aleluia, estão entre os mais encarnados pelo Prefeito Netinho. E a piada pelo seu desaparecimento rendeu as mais diversas hipóteses, desde a brincadeira de Santiago até justificativas mais tangíveis.

Censura política é apontada

“Para mim, foi algum ataque ou censura política”, defendeu a estudante Pérola Fernandez, opinião compartilhada por Jozilane. No final de abril, a falta provocada por Prefeito Netinho era tamanha que Pérola chegou a criar uma corrente no Facebook para o retorno do fake. No total, 8.172 pessoas compartilharam a caricatura do personagem com mensagens pedindo que Netinho voltasse a postar. “A interatividade e as formas com que os problemas da cidade eram apresentaram deixaram o personagem muito divertido. Queremos o prefeito Netinho de volta”, bradou Pérola.

Na imagem apresentada pela estudante, críticas e elogios aos personagem pulularam. “Ele podia aproveitar que não está gastando tempo com a net e dar uma pousadinha nos buracos da cidade”, reclamou o internauta Yan Sales. A maioria dos quase 200 comentários era diferente: “Ave, Neto”, a saudação usada pelo personagem para solicitar que os “súditos” se referissem a ele.

Questionado quando o perfil ainda era ativo, ACM Neto real mostrou-se interessado no trabalho desenvolvido pelo sua transfiguração fictícia de si. “É engraçado. As pessoas me cumprimentam na rua com o ‘Ave, Net’. Agora queria saber quem faz”, brincou. Esse questionamento, no entanto, vai ficar sem resposta. Prefeito Netinho, se não sumiu completamente, ainda não tem um rosto real.

*Publicada originalmente na Tribuna da Bahia de 03 de junho de 2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: