Câmara de Salvador reabre com negociações para comissões temáticas

Quando iniciar as atividades nesta sexta-feira (1/2), a Câmara de Salvador não terá chegado a uma definição sobre a formação das comissões temáticas da Casa. Pelo menos essa é a previsão das lideranças do governo, Joceval Rodrigues (PPS), e da oposição, Gilmar Santiago (PT). De acordo com ambos, a decisão final deve acontecer somente na segunda-feira, véspera do prazo regimental para a instalação das comissões – o regimento do legislativo determina que a instalação aconteça na terceira sessão do ano.

“A nossa dificuldade são as informações que circulam, mas conseguimos muitos avanços nos últimos dois dias”, assegura Joceval. Segundo o líder governista, uma reunião após a sessão da próxima segunda-feira deve selar os acordos que estão sendo costurados nos bastidores. Instigado a adiantar nomes, o governista preferiu falar apenas quais comissões estarão sob a batuta da oposição, Transporte, Trânsito e Serviços Municipais, Planejamento Urbano e Meio Ambiente, Educação, Cultura, Esporte e Lazer e Saúde, Planejamento Familiar e Seguridade Social – informações antecipadas pela Tribuna há alguns dias. Apesar de não falar abertamente, Joceval reclama que a pressão tem sido intensa e é muito difícil abarcar todas as demandas dos vereadores.

Nos bastidores, alguns nomes estão consolidados à frente das comissões de Constituição, Justiça e Redação Final e de Finanças, Orçamento e Fiscalização. Kiki Bispo (PTN) e Cláudio Tinoco (DEM) devem ser sacramentados na presidência delas, tendo, respectivamente, Tia Eron (PRB) e Geraldo Jr. (PTN) como vices. Enquanto Tinoco estaria garantido, a CCJ promete gerar um pouco de estresse no processo. A oposição defende que um vereador com mais experiência que Kiki assuma esta comissão, gerando ruído. Que acontece também no sentido inverso.

Apresentado como virtual indicado pela oposição para a comissão de Transporte, Trânsito e Serviços Municipais, Henrique Carballal (PT) não está totalmente aceito pelo governo. Por enquanto, os nomes citados por Gilmar Santiago como presidentes de comissões – Carballal na de Transportes, Suíca no Planejamento Urbano, J. Carlos Filho na Saúde e Sílvio Humberto na Educação -, apenas Suíca e Sílvio Humberto já possuem aval dos governistas. Os demais ainda aguardam discussões. “Nós sentamos na quarta (23) e conseguimos avançar muito no processo. Até segunda teremos uma definição sobre a composição das comissões”, assegura o líder da oposição. Até porque o prazo termina próxima terça-feira.

*Publicada originalmente na Tribuna da Bahia de 1º de fevereiro de 2013. Reprodução autorizada desde que citada a origem da matéria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: