ACM Neto faz palestra nos EUA

Participando da comitiva do Congresso Nacional, que teve um encontro com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, o futuro prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) é um dos palestrantes do painel “Brasil em 2013: prospectos econômicos e políticos”, que acontece em Nova York hoje.

O painel, coordenado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), acontece na Sociedade Americana/ Conselho das Américas e discute os desafios brasileiros para o próximo ano em setores diversos, incluindo política industrial e de desenvolvimento, inovação e as recentes alterações na legislação.

Além de Neto, que aparece como prefeito eleito de Salvador, e do presidente da Câmara, participam do painel o vice-presidente da Braskem, Marcelo Lyra, o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Alessandro Teixeira – o titular da pasta, Fernando Pimentel, esteve ontem em Camaçari no lançamento da pedra fundamental da JAC Motors.

Do lado americano, estarão presentes Susan Segal, presidente da Sociedade Americana/ Conselho das Américas, e Marcos Troyjo, diretor do laboratório da Universidade de Columbia que estuda os BRICS, grupo de países formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

O evento faz parte da programação do Departamento de Estado dos Estados Unidos e compõe uma série de discussões sobre o bloco econômico dos BRICS. ACM Neto aproveita o painel para expandir a busca por investidores americanos para a capital baiana, especialmente no setor de turismo e negócios. Apesar de integrar a comitiva da Câmara Federal, na descrição dos encontros o democrata aparece sempre como prefeito eleito de Salvador. A conferência pretende ainda destacar as potencialidades do Nordeste para a atração de investimentos. Outros dois parlamentares, Bruno Araújo (PSDB-CE) e Paulo Ferreira (PT-RS), também participam do encontro.

Na última sexta-feira, a reunião com Ban Ki-moon teve como foco o desenvolvimento sustentável, com a produção de alimentos sem destruir o meio ambiente. “Aprovamos recentemente o novo código florestal, que irá garantir o desenvolvimento sustentável de um país continental como o Brasil, com vocação para agricultura, e podemos dar exemplo para o mundo de como é possível crescer e preservar a natureza”, relatou Maia ao secretário-geral da ONU.

*Publicado originalmente na Tribuna da Bahia de 27 de novembro de 2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: