ACM Neto e Nelson Pelegrino buscam apoio para o segundo turno

Passada a primeira etapa, os candidatos afirmaram que vão entrar em uma rodada decisiva de conversas com os partidos em busca de apoios para a eleição do dia 27.

O discurso para o segundo turno de Nelson Pelegrino (PT) já está afinado com o restante da sigla e será pela luta por uma aliança com os candidatos que ficaram fora da disputa.

Apesar de não admitir abertamente, ele sinalizou a perspectiva de que os candidatos Mário Kertész (PMDB) e Márcio Marinho (PRB) façam uma adesão sem traumas ao seu projeto – o PMDB, porém, pode marchar em caminho diferente, com apoio ao candidato do DEM. “Vou procurar todos os candidatos, Mário Kertész, Márcio Marinho, Hamilton Assis e Da Luz, apresentar o nosso projeto e aguardar o retorno deles”.

Provocado diante do iminente uso do julgamento do mensalão no segundo turno, na campanha eleitoral pelos adversários, Pelegrino preferiu tangenciar e provocou ACM Neto. “O PSDB e o DEM não têm autoridade para falar sobre corrupção. Aqui na Bahia, todo mundo sabe quem primou pela moralidade”.

O candidato do DEM considerou o peso de um suposto apoio do PMDB. “É um partido muito importante, que tem uma liderança forte no nosso estado. Vou sentar com Geddel Vieira Lima, além de partidos e candidatos que não chegaram ao segundo turno e tentar evidentemente uma aliança”, ressaltou.

O democrata, porém, fez objeções a alguns possíveis elementos de negociação. “Eu não vou negociar cargos. Não vou discutir nenhuma barganha partidária, mas aqueles que quiserem sentar com a gente vão ser bem-vindos”, disse.

Demonstrando entusiasmo, Neto disse que sua grande aposta será o tempo igual de propaganda na televisão e no rádio. Ele minimizou a vinda da presidente Dilma Rousseff (PT) para o palanque de Pelegrino. “É muito normal que ela venha. A novidade é termos igualdade de tempo e honestamente tenho que me ajoelhar para o povo de Salvador que teve liberdade de escolher, mesmo diante das chantagens do PT”, afirmou.

* Matéria de Lilian Machado e Fernando Duarte, publicada originalmente na Tribuna da Bahia de 08 de outubro de 2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: