Wagner diz que governo se antecipou a manifestações

A quantidade de manifestações positivas ou negativas da população durante a passagem do governador Jaques Wagner pelo trajeto entre a Lapinha e o Terreiro de Jesus foi inversamente proporcional a quantidade de policiais que faziam a segurança dos políticos presentes. No cortejo, as vaias eram abafadas por palmas de apoiadores do governo estadual e pouco se viu desaprovação das ruas, como aconteceu em 2012, durante a greve dos professores. Wagner, no entanto, defendeu que a Bahia tomou iniciativas em setores importantes antes mesmo do início das mobilizações nacionais.

“Nós construímos cinco hospitais e 530 postos de saúde da família. Diminuímos fortemente mortalidade infantil e neonatal. Na área de saúde sempre vai precisar andar mais, mas nós temos uma caminhada bastante robusta. Na área de educação a gente consolidou cinco universidades federais aqui. Na área de mobilidade, finalmente o governo do estado assumiu para si a responsabilidade sobre o metrô”, exemplificou Wagner. E ainda adiantou: “dia 22 a licitação do metrô acontece na Bolsa de Valores de São Paulo”.

Para o atual morador do Palácio de Ondina, o cenário no país após a série de mobilizações populares não alterou em nada os pensamentos políticos para 2014 – ainda que evite tratar do assunto. “Eu vou continuar defendendo a candidatura da presidenta Dilma (Rousseff). Não muda porque todo mundo foi atingido, não é uma coisa para ela. Eu acho que essa queda abrupta que não é um processo de erosão da imagem, é uma coisa pontual. Do jeito que cai, muitas vezes você recupera rapidamente”, sinalizou o governador baiano. Ele reitera ainda que foi uma situação compartilhada por toda a classe política. “Todo mundo sofreu impacto disso aí, não foi só ela”, avaliou, alfinetando os adversários no melhor estilo Wagner: “tem gente comemorando à toa”.

“A democracia não é só eleição, é também participação. Nós já exercitamos isso aqui na Bahia, porque a gente tem as conferências anuais de vários segmentos, de cultura, social, de segurança, nutricional, de comunicação. E nós temos também o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. Eu estou aberto, convidando aqueles que estão nas ruas protestando, aqueles que quiserem vir para uma negociação. Até agora não teve nenhuma reunião. Vai depender deles, eu estou aberto a essa discussão e vai depender deles trazerem a pauta de reivindicações”, salientou o chefe do Executivo baiano.

Executivo baiano defende reforma política

Se partidos políticos anteciparam que a reforma política seria a bandeira a ser levantada durante o Dois de Julho, o governador Jaques Wagner e dois de seus secretários, postulantes à sucessão dele, também levantaram o tema quando instados a comentar sobre o atual momento político. “É preciso trabalhar com a reforma política porque eu acho que ela é a mãe de todas as reformas. Eu acho que o povo quer uma democracia representativa mais transparente. Eu acho que a presidenta Dilma (Rousseff) corretamente puxou a questão do plebiscito, que depende do Congresso Nacional, mas que eu acho que é uma questão fundamental”, defendeu o governador.

Ladeando Wagner estavam o secretário da Casa Civil, Rui Costa, e o de Planejamento, José Sérgio Gabrielli. Ambos seguiram a mesma linha do governador, ratificando a iniciativa de propor a reforma política no Brasil. “Esse é o momento mais do que nunca de nós pensarmos naquilo que precisamos acelerar no país e essa movimentação da juventude veio chamar a atenção da classe política que é necessário pular no acelerador. Não é possível continuar com essa estrutura eleitoral, com essa estrutura de organização partidária. O país precisa se modernizar, precisa ter transparência”, apontou Costa.

Gabrielli citou dois passos que julga importantes na reação ao momento social vivenciado hoje no país. “Primeiro lugar, reafirmar e consolidar os mecanismos de participação da sociedade no estado. O segundo elemento é aprofundar os investimentos nas grandes cidades na questão da mobilidade”, sugeriu o titular do Planejamento.

*Publicada originalmente na Tribuna da Bahia de 03 de julho de 2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: