Deputados e vereadores dizem que protestos aproximam povo ao Legislativo

Eleitos representantes do povo, vereadores e deputados aparecem, mesmo que indiretamente, na linha de  tiro das manifestações populares que tomam conta das ruas de todo o Brasil. Com perspectiva pouco otimista frente à atuação deles, a sociedade brada por mudanças, e esse sentimento, de acordo com os presidentes da Câmara de Salvador, Paulo Câmara (PSDB), e da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), percorre os bastidores das duas Casas. Ainda assim, poucos são os resultados práticos palpáveis nas demandas das ruas nos discursos de ambos.

Para o presidente do Legislativo estadual – prestes a entrar em recesso de 30 dias –, a Casa aguarda o contato de representantes dos movimentos para debater as principais reclamações das mobilizações. De acordo com Nilo, “nenhum grupo o procurou”, adotando a política da boa vizinhança ao se colocar disponível para discussão. “A mobilização é positiva. Se os líderes quiserem conversar, estamos abertos para isso”, defendeu o pedetista. Ele, no entanto, não sinalizou qualquer agenda programática para a Assembleia tendo como assuntos as reclamações que emergem das ruas.

Instado a comentar as demandas por melhores condições desaúde, educação, mobilidade urbana e combate à corrupção, Nilo tangenciou. “Vamos tentar conversar com os deputados e tentar debater os temas das manifestações”, apontou. O dirigente da Assembleia, no entanto, fez uma reflexão sobre a classe política, situação aventada nas falas de diversos parlamentares ao longo das quase duas semanas de mobilizações. “O parlamentar tem que estar mais próximo do povo, tem que estar mais sintonizado. Isso é o que as ruas estão dizendo”, avaliou Nilo. E completou tecendo elogios ao sistema de governo adotado no país. “Essas manifestações estão acontecendo por causa do caráter democrático do Brasil”, frisou o parlamentar.

Posição semelhante é adotada pelo presidente da Câmara de Salvador. Conhecido por “estar na ponta do sistema político” – nas palavras do próprio Paulo Câmara –, o Legislativo municipal pretende que os vereadores usem os temas levantados pela população para ampliar os debates já realizados na Casa. “Esse é um sentimento nacional de que precisa mudar, pois do jeito que está não dá para ficar. Agora é preciso que os temas sejam internalizados no sentido de resolver os problemas da população”, sugeriu o tucano.

Câmara cobra mais transparência

No bojo das mobilizações populares que pedem, entre outras coisas, a moralização da classe política, o presidente da Câmara de Salvador, Paulo Câmara (PSDB), aproveita para levantar uma bandeira dele e que aguarda apreciação do Legislativo soteropolitano, o voto aberto. Segundo o tucano, para trazer resultados efetivos às demandas apresentadas pela população, é necessário ampliar a transparência no trato daquilo que é público – um dos pontos levantados pela presidente Dilma Rousseff nos pactos apresentados no feriado de São João.

“As coisas precisam mudar, isso é fato. Ou a gente compreende esse sentimento ou entramos em rota de colisão com a população. Entre as ações que a Câmara pode adotar está a questão da transparência, com voto aberto, a disponibilidade dos dados nainternet e a acessibilidade à população”, defendeu o presidente do Legislativo da capital baiana.

Câmara sugeriu ainda que os edis soteropolitanos se anteciparam ao debate das ruas e promoveram, recentemente, discussões acerca do tema que serviu de estopim para as mobilizações. “Nós já fizemos um debate sobre mobilidade urbana, trazendo um especialista de fora da Bahia. Em agosto teremos outra discussão, agora sobre planejamento urbano”, propagandeia. Mesmo presidindo poderes legislativos em esferas diferentes, Paulo Câmara, em Salvador, e Marcelo Nilo, na Bahia, concordam incisivamente em uma avaliação: as ruas precisam ser ouvidas.

*Publicada originalmente na Tribuna da Bahia de 26 de junho de 2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: