ACM Neto começa a definir a equipe

Começando a se despedir do Congresso Nacional após 10 anos, o prefeito eleito de Salvador, ACM Neto, desembarcou na ultima sexta-feira no país após uma missão nos Estados Unidos acompanhando o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS). Já em território brasileiro, o democrata permaneceu em São Paulo para o sorteio dos grupos da Copa das Confederações no sábado, porém, em Salvador, o futuro secretariado, programado para vir a público na primeira quinzena de dezembro, mais precisamente dia 14, domina o burburinho político. E, o deputado federal Jutahy Magalhães Jr. (PSDB), que articulou o apoio tucano ao futuro prefeito, furou o bloqueio das informações à imprensa e anunciou, via redes sociais, o nome do futuro secretário da Fazenda de Salvador, o atual titular da secretaria de Finanças de São Paulo, Mauro Ricardo Costa.

“Mauro Ricardo: Este é o nome do futuro secretário da Fazenda de Salvador. Ele já aceitou o convite feito pelo futuro prefeito de Salvador, ACM Neto. Excelente escolha. Pode ter igual para função, melhor impossível. Já foi secretário da Fazenda do governo de SP, superintendente da Suframa-Manaus, presidente da Funasa, presidente da Companhia saneamento e água de MG”, escreveu Jutahy na sua pagina do Facebook.

ACM Neto ainda constrói o primeiro escalão da prefeitura sob sigilo, acompanhando o detalhamento dos dados captados pela equipe de transição, liderada pelo ex-governador Paulo Souto, e o resultado da consultoria. Existe apenas, segundo informações de bastidores, a determinação para que os auxiliares das secretarias, autarquias e órgãos municipais sejam uma mescla de caráter técnico e político. Um nome praticamente confirmado é do secretário municipal de Educação, João Carlos Bacelar, que deve permanecer na pasta a partir de 1º de janeiro. A única solicitação do democrata seria a resolução do imbróglio em torno da ONG Pierre Bourdieu, envolvendo a Secult.

Outros nomes também aparecem como favoritos para uma cadeira da administração de Neto, pelo menos três diretamente ligados ao Democratas. Aparentemente, Souto segue como favorito por ter participado da elaboração do programa de governo, ainda durante a candidatura, e ser o representante direto do futuro prefeito no processo de transição. Outros dois nomes citados são os de José Carlos Aleluia, presidente estadual da sigla, e de Heraldo Rocha, presidente municipal do partido. Aleluia é figura como possível ocupante da Casa Civil, porém nenhuma informação foi confirmada.

Também circulam informações de que Neto deve reaproveitar integrantes do primeiro escalão do governo Paulo Souto na sua administração, entre eles o atual provedor da Santa Casa de Misericórdia, José Antonio Rodrigues, para a secretaria de Saúde e João Paulo Costa, para a secretaria de Comunicação. Ambos ficariam no comando das mesmas pastas de quando integraram a equipe de Souto.

A definição de toda equipe, entretanto, depende do futuro prefeito, que prometeu divulgá-los no dia 14 de dezembro. Procurado pela Tribuna, ACM Neto não foi encontrado para confirmar as informações.

* Publicado originalmente na Tribuna da Bahia de 03 de dezembro de 2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: