Renovação pode dar chance à juventude

Duas novas vagas e uma perspectiva de 30% de renovação na Câmara de Salvador são dois dos argumentos para empolgar candidatos de primeira eleição que tentam obter votação suficiente para ocupar uma cadeira no Legislativo soteropolitano. O caminho, entretanto, não é tão fácil como parece. “A lógica de renovação total a cada quatro anos, em minha opinião, não funciona. Há um histórico de renovação de 1/3 da Câmara, mas isso não quer dizer muita coisa”, afirma o cientista político Paulo Fábio Dantas.

“Não há garantia de que os que chegam vão ser melhores do que os que saem. A ausência de renovação, a petrificação dos políticos, é tão ruim quanto a volatilidade”, destaca o pesquisador. Dantas comenta ainda que essa renovação não necessariamente sugere que as vagas sejam preenchidas por nomes jovens. “A Câmara da qual fiz parte, a maioria era mais jovem do que 40 anos, e na década de 90 houve uma Legislatura com jovens como Daniel Almeida e Javier Alfaya que não necessariamente foram uma renovação da Casa”, relembra o cientista político. Ainda que haja obstáculos, os partidos mantêm apostas em candidaturas desse segmento, sob o argumento de renovar a Casa. Entre os possíveis vereadores aparecem nomes como Duda Sanches (PSD), Jorge Amado Neto (PP) e Tiago Assis (PSDB), todos na primeira prova de fogo frente ao eleitorado.

“Eu me interessei desde muito cedo pela política, da criação que tive até grupos de jovens que participei. Formei em direito, me tornei professor e senti que era o momento de dar minha contribuição para a cidade”, relata o neto do escritor Jorge Amado, de 28 anos. Segundo o estreante, “a participação dos jovens é importante por possuir ideologia, o sonho, a gana de mudar”. “Os políticos mais antigos estão desgastados no sistema e já não têm o mesmo afã. Isso não é um dado objetivo, é uma coisa natural, o que não quer dizer que políticos mais velhos não tenham a gana da juventude”, destaca. As propostas do pepista se baseiam em duas correntes principais: “cultura, por tradição familiar, e educação, por ser professor e conhecer as deficiências do ensino”.

Cinco anos mais jovem, Duda Sanches tenta trilhar os caminhos do pai, o deputado estadual Alan Sanches, eleito o vereador mais votado da capital baiana em 2008. “O princípio questionador sempre me acompanhou, apesar de não fazer parte de grêmios ou sindicatos. O contato com a política foi por influência da família e senti que devia dar minha parcela de contribuição à cidade”, rememora um dos mais jovens candidatos de 2012, com apenas 22 anos. Sanches nunca ocupou cargos políticos, mas considera o contato com a população mais carente um dos pontos fortes da campanha. “De conhecer e andar pela cidade, como coordenador da Caravana da Saúde (projeto do pai), percebi que Salvador é uma cidade muito pobre”, aponta. “Cerca de 1/3 do eleitorado é formado por jovens. Falta engajamento deles na política. Eleição é o que faz a nossa cidade andar”, conclama o candidato, que também é líder do movimento jovem do PSD.

Tucano de carteirinha, Tiago Assis se apresenta como experimentado em eleições, apesar de estar pela primeira vez como candidato. “Já participei de outras eleições, nas campanhas, e advoguei na área”, aponta o presidente da Juventude do PSDB. “Há um cenário de corrupção no país e a juventude tem se posicionado contra. A juventude é uma expectativa de renovação”, aposta Assis.

A disputa pela renovação, porém, não é restrita aos cargos eletivos, na concepção do jovem de 28 anos. “A gente quer renovação de quadros políticos, inclusive nos partidos”, defende.

A candidatura do peessedebista perpassa por uma estratégia de grupo. “Sou o único candidato da Juventude do PSDB, por entender que seria mais fácil conseguir o resultado”.

Candidatos apontam caminhos

O mais jovem eleito há quatro anos, Alberto Braga (PSC) se considera um exemplo para aqueles que se arriscam numa eleição sem muita experiência enquanto políticos. “Eu fui eleito aos 27 anos e mostramos que é possível a eleição de jovens. A participação da juventude no processo é muito salutar, os jovens têm opiniões atuais, com uma perspectiva mais ampla”, sugere. Braga cita a adaptação às tecnologias como um trunfo para o exercício legislativo por jovens, mencionando a Primavera Árabe como uma das mobilizações mais relevantes dos últimos anos.

“E lógico que a forma como nos comunicamos é diferente. De jovem para jovem, facilita o trabalho”, completa. Segundo Braga, sua iniciação na política não seguiu o caminho usual. “Comecei a trabalhar na coordenação de campanha para deputado em 2006 e perceberam potencial por gostar de ajudar o próximo e trabalhar com pessoas mais humildes”, relata.

Assumindo após ficar na suplência, Heber Santana (PSC) “furtou” o posto de caçula de Braga na atual Legislatura. Aos 29 anos, o vereador comenta ter ingressado na política por influência da família, mas também por participar de projetos evangélicos que estimulam a contribuir com as comunidades em que estão inseridos. “Desde criança acompanhei a política e, em 2008, me convidaram para ser candidato a vereador, um mandato que está na ponta, com mais contato com a população”, relembra.

“A juventude tem o desejo de contribuir, mas não se envolve com política partidária. Falta a conscientização de que essa política é o meio para o jovem, exercendo um mandato, elaborar políticas públicas para a juventude”, aponta, lembrando a Lei do 1º Emprego, de sua autoria, que reserva vagas para jovens ingressarem no mercado de trabalho.

Mesmo com todo empenho dos jovens candidatos, o pesquisador Paulo Fábio Dantas lembra que a juventude não pode ser considerada apenas como virtude numa eleição. “É desejável que os vereadores que surjam não sejam apenas candidatos de si próprios, mas que representem grupos e comunidades”, pontua.

* Publicado originalmente na Tribuna da Bahia de 24 de setembro de 2012.

Comments
5 Responses to “Renovação pode dar chance à juventude”
  1. Delci Silva disse:

    Renovaçao nao se faz so´ com os novos de idade… Renovaçao se faz com a presença de novos vereadores, de novas opçoes para ocupar as cadeiras, de novos projetos encabeçados por candidatos… Esquecem Hilton Coelho e Roberto Leal (PSOL), Deninho Guimaraes(DEM) e Noel Tavares (PRTB), como tantos outros que tem chance, e sem sombra de duvidas alguns serao agraciados com a vaga… Isso sim e´ promover renovaçao e nao fazer materia para cartas marcadas pelo poder aquisitivo maior de certos partidos.

    • Cara Delci, os três postulantes a vagas que aparecem na matéria participam pela primeira vez de um pleito e tem menos de 30 anos, perfil escolhido pelo repórter para construção do texto. Não é esse o caso de Hilton Coelho. Os outros dois citados por você não foram citados pelos dirigentes partidários como apostas, motivo pelo qual não foram selecionados. De qualquer sorte, obrigado por sua participação!

  2. Edvaldo disse:

    Meu VOTO e de minha família inteira é de JORGE AMADO NETO – 11.111.

  3. Rodolfo Danneman disse:

    Parabéns pela reportagem, Fernando. Concordo com o seu posicionamento no que se refere à necessidade de renovação da nossa Câmara Municipal. Os nomes indicados são muito bons, em especial o do nosso Professor e Advogado Jorge Amado Neto.
    Fui aluno de Jorge quando ele lecionava a matéria “Ética e Legislação”, e pude constatar o preparo e a capacidade desse jovem, que apesar da pouca idade já é Pós graduado e está concluindo o seu Mestrado em Políticas Sociais e Cidadania. Ou seja, ele se preparou para este pleito! Sei que ele jamais “sujaria” o sobrenome de peso que tem, e sei também que ele quer dar continuidade ao trabalho feito pelo avô, que foi Deputado Estadual e apresentou a Bahia para o Mundo.
    Enfim, Jorge Amado Neto tem o meu apoio e com certeza é um rapaz capacitado para a elaboração de excelentes projetos de leis (uma das funções de um Vereador).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: