Pelegrino sobe 3% e diminui diferença para ACM Neto

Os números da pesquisa Ibope/ TV Bahia para prefeito de Salvador divulgados nesta sexta apresentaram números similares aos encontrados em 21 de agosto pelo mesmo instituto. Sob registro nº 00078/2012 no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), o levantamento mostra a liderança candidato ACM Neto (DEM) com os mesmos 40% de intenções de voto, seguido pelo candidato do PT, Nelson Pelegrino, com 16%. Mário Kertész (PMDB) manteve os 8% da primeira pesquisa, enquanto o candidato Márcio Marinho (PRB) perdeu teve retração e atingiu 5%. Da Luz (PRTB) obteve 1% das intenções de voto e Hamilton Assis (PSOL) não pontuou. O Ibope ouviu 602 pessoas entre os dias 21 e 23 de agosto, período em que a propaganda eleitoral gratuita já havia começado no rádio e na televisão.

Apesar dos dados serem parecidos, apenas o Nelson Pelegrino apresentou uma variação positiva, subindo 3% com relação ao levantamento anterior. Ainda que muito semelhante, o percentual está na margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos das pesquisas realizadas pelo Ibope para as eleições de Salvador. O instituto verificou ainda que 19% dos entrevistados votariam em branco ou nulo e 10% ainda não decidiram em quem votar ou não responderam. As informações divulgadas referem-se à pesquisa estimulada, quando o entrevistador apresenta as opções disponíveis para os eleitores.

O Ibope mediu ainda a rejeição da população aos candidatos a prefeito da capital baiana. Segundo a pesquisa, 30% dos entrevistados disseram que não votariam no candidato Nelson Pelegrino, que aparece na frente entre os prefeituráveis, seguido de perto por Da Luz, com 29%. ACM Neto e Mário Kertész aparecem com o mesmo percentual, 25%, assim como os candidatos Márcio Marinho e Hamilton Assis, com 17% de rejeição cada um.

Único candidato a crescer na pesquisa, Pelegrino não foi localizado para comentar o resultado do levantamento. De acordo com a assessoria do candidato, a notícia foi recebida com comemoração, pelo crescimento dele e pela manutenção dos números dos adversários. O candidato Mário Kertész recebeu com naturalidade os dados do Ibope. “A pesquisa ainda não traz nenhum reflexo do início da Propaganda Eleitoral. Além disso, eu não brigo com pesquisa. Ela tem seu valor e claro que retrata o momento político e o cenário atual. Vou continuar trabalhando com o mesmo entusiasmo”, afirmou o peemedebista.

À frente nos levantamentos realizados até agora, o candidato ACM Neto, por meio de sua assessoria, informou que não pretende comentar pesquisas eleitorais. Hamilton Assis e Rogério Da Luz, em entrevista à TV Bahia, minimizaram o resultado da pesquisa e falaram da expectativa de melhorar os números com a campanha. Márcio Marinho não foi encontrado para comentar o resultado.

Os eleitores responderam ainda qual a avaliação que faziam dos governos do prefeito João Henrique (PP) e do governador Jaques Wagner (PT). Para 67% dos entrevistados, a gestão do Palácio Thomé de Souza foi considerada ruim ou péssima e, no caso do governador, 41% julgaram a administração como regular. João Henrique foi avaliado como regular por 23% dos entrevistados. Em relação ao dirigente municipal, o chefe do Executivo estadual teve uma avaliação negativa menor, de 39% considerando a gestão ruim ou péssima. Em ambos os questionários, 2% dos entrevistados preferiram não responder.

* Publicada originalmente na Tribuna da Bahia de 25 e 26 de agosto de 2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: