Bispo Márcio Marinho nega crise com deputado estadual Sidelvan Nóbrega

“Não tem nada disso”. Foi dessa forma que o deputado federal e presidente estadual do PRB, Márcio Marinho, rebateu as informações veiculadas na imprensa de que há um clima de tensão entre ele e o deputado estadual Sidelvan Nóbrega, responsável, segundo Marinho, pela articulação do partido nas cidades do interior durante a campanha eleitoral de 2012. “Como fui candidato a prefeito de Salvador, os deputados Sidelvan Nóbrega e José de Arimatéia tiveram um papel fundamental para o crescimento do PRB no interior, com a eleição de 126 vereadores e três prefeitos”.

Circulando timidamente nos bastidores, um virtual estremecimento entre os parlamentares foi aventado pelo Grupo Metrópole, porém negado peremptoriamente pelo dirigente da sigla na Bahia. “Não sei de onde saiu essa informação. O deputado Sidelvan foi coordenador político da campanha eleitoral em Salvador e mantemos uma relação próxima”, enfatizou Marinho. Segundo ele, não existe qualquer preocupação sobre “ofuscamento” entre os integrantes do partido, pois, “o objetivo é comum e é fazer o partido crescer”.

Para argumentar o compartilhamento dessa responsabilidade, o deputado federal assegura que a condução do processo eleitoral ficou dividido entre ele e os parlamentares estaduais para manter a ascensão da sigla em todo o estado – em 2008, a legenda teve 70 vereadores eleitos e dois prefeitos, e, em 2012, o número de representantes no legislativo subiu para 126 e no executivos para três, sendo uma das cidades Itabuna, com Vane do Renascer.

Mesmo negando haver tensão entre ele e Sidelvan, Marinho aponta que há uma preocupação salutar do PRB com relação ao nicho eleitoral a ser explorado em 2014, ligado a um setor muito específico – o deputado federal prefere não citar, mas o partido é ligado à Igreja Universal do Reino de Deus.

“O partido tem que crescer, então é evidente que analisamos o fato de possuírmos a mesma base eleitoral. Não temos nada definido, mas podemos ampliar o número de candidatos fortes a deputado federal, com o deputado Sidelvan ou José de Arimatéia, ou com a vereadora Tia Eron, como candidata a deputada estadual”, divaga o presidente estadual do partido.

Procurado pela Tribuna, o deputado estadual Sidelvan Nóbrega se recusou a falar com a reportagem. Por meio da assessoria de imprensa, o parlamentar assegurou que não há qualquer estremecimento entre ele e o deputado Márcio Marinho e que não sabe como uma informação como essa circulou sem a averiguação junto aos envolvidos.

*Publicada originalmente na Tribuna da Bahia de 22 de março de 2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s